Ir para o conteúdo principal

Fusão ou aquisição: qual é a melhor opção para você?

Quando falamos sobre fusões e aquisições, na verdade estamos tratando de dois conceitos distintos.

Se sua empresa passar por uma fusão, ela será integrada a outra empresa maior. Em contrapartida, se for adquirida, ela poderá continuar operando como uma empresa autônoma com um novo proprietário.

Identificar se uma fusão ou uma aquisição é melhor para o seu caso depende das circunstâncias da sua empresa. É preciso avaliar e determinar o que é melhor para você, mas observar outras transações pode ajudá-lo a chegar à conclusão mais lógica.

Cenários de venda: quando considerar uma fusão

Necessidade de acessar uma base de clientes existentes para crescer.

Sua empresa é relativamente pequena ou é uma start-up que está lutando para crescer? A fusão com outra empresa que opera no mesmo mercado oferece uma oportunidade interessante de impulsionar as vendas através do acesso à base de clientes já existentes. Você criou um produto que muitos consumidores desejam, então faz sentido mesclar esse produto ao ecossistema da outra empresa.

Sou muito pequeno para um comprador me considerar um negócio “autônomo.”

Um dos maiores mitos na área de fusões e aquisições é que os adquirentes só se interessarão por empresas com um limite mínimo de receita bruta. Hoje, muitas aquisições menores estão sendo concluídas e vários desses acordos são fusões. Se o seu negócio for muito pequeno para uma aquisição independente, muitos adquirentes, incluindo o Grupo Volaris, considerarão a integração de pequenos negócios a empresas complementares já existentes.

Meu mercado está encolhendo e preciso me defender contra o desgaste do consumidor.

Os tempos mudam e, às vezes, as indústrias passam por momentos difíceis. Se este for o seu caso, unir forças com empresas similares o ajudará a isolar os efeitos de um mercado em recessão. Isso fornecerá os benefícios da escala em vendas e marketing, P&D e suporte ao cliente para continuar oferecendo excelentes produtos e serviços ao mercado.

Cenários de venda: quando considerar uma aquisição

Minha empresa é líder de mercado ou tem o potencial de se tornar um líder de mercado.

Como adquirentes, se sentirmos que uma empresa pode crescer e ganhar uma posição sustentável num determinado mercado, ficamos satisfeitos em “deixá-la em paz”. Na verdade, preferimos manter as empresas em uma posição sustentável como entidades autônomas. Isso permite que elas continuem desenvolvendo seu reconhecimento de marca e trabalhando em colaboração específica com seu nicho de clientes e mercado.

Posso me ver fazendo minhas próprias fusões e aquisições no futuro.

A aquisição de empresas com tecnologias complementares permite que você obtenha acesso à base de clientes e expanda sua oferta a ela. Se você tem uma forte vontade para se tornar um líder de mercado, o crescimento através de aquisições é uma das maneiras mais rápidas de chegar ao topo. No Grupo Volaris, ajudamos as nossas empresas a fazerem as suas próprias aquisições quando for o momento certo para crescer desta forma.

Fusão ou aquisição: chegando a uma conclusão razoável

Dado que pode ser difícil avaliar as circunstâncias do seu próprio negócio, talvez queira falar com outras pessoas dentro da organização, bem como com amigos ou familiares para obter uma visão mais clara.

Uma vez que tenha uma compreensão clara de onde seu negócio está e qual o seu potencial, você será capaz de considerar se uma fusão ou uma aquisição é melhor para o seu caso.

Você também pode verificar as referências do seu potencial adquirente. Pergunte se eles passaram por uma fusão ou se foram adquiridos e descubra como isso afetou os negócios.

Rolar para o topo