Ir para o conteúdo principal

Diligência Própria: quatro perguntas para se fazer as referências

Se eu fosse vender meu negócio para uma empresa, uma das principais atitudes que eu tomaria seria conversar com algumas referências.

Fale com pessoas que possam confirmar a estabilidade do adquirente e a credibilidade de suas declarações. O adquirente é um bom administrador do negócio? Ele cumpriu com o prometido após a aquisição?

Fazer uma auditoria prévia do comprador, e falar com referências no mercado o ajudará a entender se um adquirente é a opção certa para sua empresa e evitará surpresas desagradáveis após a venda.

Quem devem ser as suas referências

Para garantir que você ouça uma ampla gama de experiências e opiniões, recomendo entrar em contato com líderes de no mínimo três empresas diferentes.

Os potenciais compradores devem ser capazes de fornecer uma lista de referências que inclua vários líderes de empresas adquiridas. Considere perguntar ao adquirente se ele pode fornecer contatos de aquisições recentes, bem como de outras mais antigas. Isso o ajudará a ter certeza de que o comprador respeita a sua parte do acordo imediatamente após uma aquisição e a longo prazo.

Quando você deve pedir referências

É uma boa prática entrar em contato com referências depois de receber uma avaliação inicial e quando há interesse mútuo em seguir em frente com uma potencial transação.

Isso ocorre quando você decidiu que está interessado na oferta, mas antes que o adquirente comece a fazer diligência / auditoria. Entrar em contato com as referências muito cedo pode ser uma perda de tempo se a negociação não for para frente. Não espere até que o processo de diligência / auditoria tenha sido iniciado, pois isso pode ter um impacto significativo em seus recursos. É uma boa ideia conhecer quaisquer possíveis “bandeiras vermelhas” antes desta etapa.

As quatro principais perguntas para fazer às referências

O que ocorreu de fato no dia seguinte à aquisição da empresa?

O adquirente cumpriu com o prometido? Eles foram abertos sobre as mudanças que implementariam antes de assumir o negócio ou houve alguma grande surpresa? Estes são aspectos importantes que qualquer acionista, executivo ou gerente que se preocupa com seus negócios deseja saber. Dialogar com pessoas que passaram pelo processo de aquisição proporcionará mais (ou menos) confiança na transparência e credibilidade do adquirente.

O adquirente o ajudou a comunicar as notícias da aquisição às partes interessadas?

Pode ser um desafio contar à equipe e aos clientes que sua empresa está sendo comprada. Muitas vezes, surgem inseguranças a respeito de possíveis mudanças associadas à aquisição, e o silêncio sobre o tema só aumenta o nível de descontentamento. Pergunte às suas referências que tipo de orientação (se houve) o adquirente forneceu em relação à comunicação da aquisição às partes interessadas. Quando um comprador ajuda as empresas a comunicar a novidade, isso sugere um forte interesse em manter o pessoal e os clientes.

Como foi a integração?

Depois que uma empresa é adquirida, geralmente há mudanças nas expectativas de divulgação de resultados e em alguns nos sistemas de gestão. Como o adquirente informou a liderança e a equipe da empresa sobre os novos sistemas e processos? Pergunte sobre quaisquer mudanças implementadas, como elas foram comunicadas e até que ponto foi fácil integrar os novos sistemas e processos aos seus negócios.

Como o adquirente o ajudou a expandir sua empresa?

A empresa cresceu organicamente ou através da aquisições? Pergunte como a empresa cresceu ou se expandiu desde a aquisição e, especificamente, como o adquirente ajudou a facilitar o crescimento. Certifique-se de perguntar quanto tempo levou até que eles percebessem uma mudança na trajetória de expansão.

Você deverá fazer sua própria diligência

Se você realmente deseja entender como seria vender sua empresa, faça o seu processo diligencia e pergunte a quem passou por isso antes de você. Os adquirentes devem agir de boa fé e serem sinceros a respeito de suas intenções. No entanto, ouvir a perspectiva das referências o ajudará a desenvolver uma compreensão muito mais profunda sobre a situação na qual você está se envolvendo.

Rolar para o topo