Ir para o conteúdo principal

Como vender minha empresa afetará meus clientes?

Neste guest post, Tanya Brusse, Gerente de Produto Sênior da TripSpark Technologies, compartilha perguntas a serem feitas ao considerar o impacto de uma aquisição nos clientes. 


Seus clientes dependem de você e seus produtos para tornar a vida mais fácil, e eles têm plena confiança de que você cuidará de seus melhores interesses.  

Vender sua empresa inevitavelmente terá um impacto sobre sua clientela. Ao selecionar um comprador que proteja os interesses e melhore a experiência dos clientes, você honrará a confiança que eles depositaram em seu negócio.  

5 perguntas a considerar  

Aqui estão cinco perguntas para ajudá-lo a avaliar o impacto de uma aquisição em seus clientes:  

1. O adquirente continuará a oferecer e investir em seu produto, ou os clientes serão forçados a migrar para uma plataforma diferente?  

Alguns adquirentes tentarão eliminar gradualmente seu software e incentivar os clientes a migrarem para a solução deles, levando ao eventual desaparecimento de seu produto. Quando isso acontecer, o legado da sua empresa será afetado e os clientes enfrentarão custos significativos de comutação, bem como a dor de cabeça de aprender um novo sistema.    

2. Os clientes continuarão recebendo a mesma atenção e serviço que receberam no passado?  

Os clientes podem notar uma degradação no serviço se estiverem sendo absorvidos por uma organização maior. Descubra se os clientes manterão sua equipe de suporte ou se precisarão desenvolver novos relacionamentos como resultado de mudanças organizacionais.  

3. Considere a estabilidade do negócio a longo prazo. Existe o risco da sua empresa ser revendida?  

Analise o histórico de seus potenciais compradores. O que acontece com suas empresas após a aquisição? Alguns adquirentes compram e vendem empresas, e alguns mantêm seus negócios a longo prazo. Quando uma empresa é revendida, há um risco maior de rotatividade, pois os clientes se preocupam com a viabilidade futura do negócio.  

4. O adquirente permitirá que você aumente o valor que pode fornecer aos seus clientes?  

Haverá oportunidades de aprender e empregar novos processos que permitirão que sua empresa atenda melhor seus clientes? Descubra se o adquirente oferece oportunidades de desenvolvimento profissional ou acesso às melhores práticas para ajudá-lo a manter e melhorar seu nível de atendimento. Considere também se o adquirente apoiará iniciativas de produtos ou grupos de usuários para melhor atender às necessidades dos clientes.  

5. Como ficaram os clientes de empresas adquiridas anteriormente?  

Antes de tomar uma decisão, obtenha a perspectiva de líderes de mentalidade semelhante e peça para falar com empresas que venderam para um potencial adquirente. Há muitas perguntas que você pode fazer a quem vendeu para entender o compromisso do comprador com seus clientes. Também vale a pena conectar-se diretamente com os clientes de empresas adquiridas para entender o impacto da aquisição do ponto de vista deles.  

Faça sua due diligenge preventiva  

Fazer o seu processo de due diligence (também conhecido como diligência prévia) ao vender um negócio é uma via de duas mãos. Certifique-se de que um potencial comprador tratará seus clientes da maneira como você espera. O comportamento passado é um ótimo indicador de comportamento futuro, então procure uma empresa com um histórico de valorização de seus clientes. Ao selecionar o comprador certo para a sua empresa, você honrará a confiança dos clientes que o ajudaram a torná-la o que ela é hoje.  

Rolar para o topo